segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Flauta e Tamboril

Esta manhã pus mãos e pulmões à obra e decidi praticar um pouco de tocador tradicional. Por incrível que pareça, tocar caixa e pífaro ao mesmo tempo não é assim tão complicado.
O mais engraçado foi, depois de ter estado a ensaiar, ter posto o meu pai e o meu tio no meio da rua à procura do funileiro.
Disse-me o meu pai depois de ter percebido que era eu, que era mesmo o toque do funileiro.Senti-me de missão cumprida e de alma muito cheia, por ter lembrado a uns costumes e a outros que é possível prevalecer a tradição.
Prometo que tocarei sempre estas modas, antes dos meus espectáculos de Robertos, e sempre que possa para que a tradição não morra nem seja esquecida.
Viva o Portugal Português!


Foto: O Tamborileiro Virgílio Augusto Cristal a tocar na Eira para um grupo de bailadores.

Sem comentários:

Enviar um comentário