terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

TEATRO DOM ROBERTO

Seguindo a tradição de uma quase extinta arte de representação em Portugal, Rui Sousa reproduz o Teatro D. Roberto.
As fantochadas presentes nestas representações são um legado vivo, que passam de bonecreiro para bonecreiro, a fim de prevalecer uma das mais antigas artes cénicas portuguesas, que a Companhia de Teatro ‘Marionetas da Feira’ leva agora até si.

“O Barbeiro” é uma das histórias desta vertente do teatro de marionetas tradicional português. D. Roberto, o herói popular, vai ao barbeiro no dia do seu casamento para que este lhe faça a barba. Em reacção ao montante a pagar, visto ser caro, D. Roberto protesta e recusa-se a pagar, resultando desta uma “pancadaria” sem fim onde todos os personagens são vencidos pelo herói. O barbeiro, o polícia, o padre, a morte e até mesmo o diabo contracenam com o nosso herói em cenas de humor e de justiça popular.

“Tourada à Portuguesa” é nada mais que uma sucessão de cenas ligadas à tradição tauromáquica. O bandarilheiro, os forcados, o toureiro a cavalo e o tourinho, travam-se em cenas de pura comédia, onde o touro leva sempre a melhor.

------------------------
Ficha Artística
Original: popular português adaptado por Rui Sousa · Construção das Marionetas, Marionetista, Escultura e Pintura das Marionetas: Rui Sousa · Estruturas Cénicas: Lino Sousa e Rui Sousa · Figurinos: Telma Pedroso

Ficha Técnica
Técnica: fantoches · Duração: O Barbeiro: 25 minutos / O Barbeiro + A Tourada à Portuguesa: 40 minutos · Altura: 2m · Profundidade: 2m · Largura: 2m · Montagem: 00h30 · Desmontagem: 00h30 · Classificação: maiores de 4 anos ·  Público-alvo: Familiar
------------------------









Sem comentários:

Enviar um comentário